8 de ago de 2011

Sem fim

                                                                  imagem: weheartit


Preencha! O vazio é tão triste...
Falta de sentimento, poesia, letras e gestos.

Encha! De vida, corações e doces.
O pouco sem tudo é nada.

O tudo é belo. Palavras com vida, pedaços de planta, coragem da boca do coração.
O tudo é falta de medo. Soltar as palavras enjauladas na mente.
Voar é tudo. Sair da mente para entrar na eternidade.

Libera! Quanto mais vai, mais volta.


by Rachel Nunes*

5 comentários:

Maya Quaresma disse...

"Quanto mais vai mais volta"

É isso aí menina. Chega de segredinhos, de meias palavras ou indiretas. É hora de "soltar as palavras enjauladas na mente". rs. Quem dera que todos pudessem fazer isso, aposto como o mundo iria ser mais leve. Porque teria muito sentimento sendo transbordado.

Sinceramente, não sei de onde vem esse medo de amar, do querer bem, o querer por perto. Não sei de onde tiramos esse medo de tentar, esse freio de sensações. Se não amamos, dizemos 'eu te amo', se amamos, ficamos calados. O.o

Que as pessoas que passarem por aqui possam se encher de tudo o que é bom, como sempre acontece comigo, toda vez que te leio.

Beijos !!

Danilo MM disse...

A vida é um equilíbrio.

Rafaelle Melo. disse...

Preencher é de fato algo tão essencial. Mas sem dúvida também nos preencehmos de vazio, e isso pode ser pior do que não se encher.

Beijo meu!

Sandrio cândido. disse...

Gostei dos poemas
beijos

Fernanda Fraga disse...

Gostei.
Parece a ciranda, do bumerangue.

Um beijo
Fernanda Fraga.