12 de jul de 2011

Sobrecarga

imagem: weheartit

          Coração bobo tem dessas coisas. Sente mais do que o que pode aguentar (e como aguenta, viu?). Poucas e boas. Ou melhor (quer dizer, pior) muitas e más.
          E quem não tem o coração bobo? Quem é boba? De nascença ou por carma?
          A carga é dupla, tripla, infinita. Tem que ser um hulk versão feminina. Suportar dores que os masoquistas adorariam sentir. Dores profundamente dolorosas. E não é redundância. É intensidade.


by Rachel Nunes*

3 comentários:

Danilo MM disse...

Acho que a outra opção é não sentir. Então que venha tudo, um coração sem cicatrizes é apenas uma ilusão.

Priscila Rôde disse...

Sentindo e doendo a gente aprende a ser grande!

Um beijo!

Ps: Quer publicar a sua obra no Blog mar íntimo e ganhar um livro? Participe: http://t.co/fHoHGMx

Cris . disse...

doii sim e não é pouco mesmo.
mas o bom é que ele é forte, caso não fosse não sei o que seriamos de nos. :S

Lindo blog, Te sigo.

abraço meu .