20 de jul de 2011

O perfume da eternidade

                                                                   imagem: weheartit



Anjos habitam meu jardim.
Voam no meu céu - às vezes azul, outras cinza.

Ao olhar pela janela, lá estão eles entre as flores.
E eis que, de repente, pousam gentilmente no meu ombro.
Para que eu sempre saiba que estão ali.
No coração, na mente, na presença, na saudade.

Eles estão ali. Estão aqui.
São tesouros que encontrei pelo caminho.
Sem pedir.
De surpresa - que compõe a vida.
Raridades concedidas por Deus.

Os meus anjos possuem asas invisíveis.
Elas não precisam ser vistas.
Quem sabe voar simplesmente voa.


------
Aos meus seres celestiais.
Donos de um brilho que ultrapassa o interior.
Àqueles que, merecidamente, chamo de AMIGOS.



by Rachel Nunes*

Um comentário:

Van disse...

Que lindo Raquel!

Amigos são verdadeiramente anjos, mesmo.

Beijos!