25 de nov de 2011

Janela aberta.


imagem: weheartit


Café frio, coração vazio.


Eu vou me sentir bem. Sem você, só a bebida amarga que adoça a minha frieza. Gélida saudade do que você poderia ser. Do que, como essa fumaça, voa para bem longe. Mas deixa o aroma da solidão nos meus cabelos. Sozinhos, sentindo a falta do carinho que nunca receberam. Das mãos que sempre foram frias, como o líquido negro desta xícara que seguro em minhas mãos trêmulas.

...

Inconstância exteriorizada.


by Rachel Nunes*




                                                              

5 comentários:

Maya Quaresma disse...

Amei o novo design...amei o texto.

"Café frio, coração vazio" Mas ele pode ser ocupado de novo não? Um ser para esquentar, quem sabe.

Beijos lindona!

Angella Reis disse...

Uau!! Adorei tuas linhas. Que bom que está de janela aberta para deixar o sol entrar com um sorriso colorido. Que o vento sopre mansinho e que te traga boas novas. bjs

Danilo MM disse...

Pois passe de novo no coador, há muito ainda que tem que ficar para trás.

Letícia Nogara. disse...

Me encantei com teu blog, moça.

Fernanda Fraga disse...

Esse processo é que fará vivificar todo sentido de vida que vc constrói todos os dias..
Um beijo flor.